Blog

topo-blog-diferença-CI-endomarketing
Comunicação Interna 30.01.2020

Qual a diferença entre Comunicação Interna e Endomarketing?

A confusão entre as atividades de Comunicação Interna e de Endomarketing é muito comum, uma vez que em ambos os casos a ideia é atingir o público interno de uma empresa. E se você precisa entender melhor essas diferenças, vamos abordar aqui como funcionam essas duas frentes de atuação com foco nos funcionários de uma empresa

 

Em um primeiro momento, é possível afirmar que informar é a principal atribuição da comunicação interna. Já o endomarketing tem a função de promover a interação com o colaborador e o seu engajamento aos valores organizacionais e às estratégias de negócio da empresa.

Simples assim? Não, não… ainda precisa explicar um pouco mais 😉

 

ENDOMARKETING

No endomarketing, o colaborador é tratado como um cliente interno. Mas a ideia não é, necessariamente, vender um produto ou serviço como no marketing tradicional, e sim criar um vínculo, de forma que ele “vista a camisa” e isso reflita diretamente em sua atuação.

Usualmente, as ações de endomarketing envolvem peças gráficas voltadas à ambientação, como banners e adesivos, a realização de palestras e outros eventos temáticos. E todos esses elementos podem ser utilizados para persuadir o funcionário a adotar uma determinada atitude, em prol de toda a companhia.

Cabe frisar que a ação dos profissionais que entraram em contato com determinada mensagem de uma campanha de endomarketing deve ser espontânea.

O envolvimento das lideranças em ações de endomarketing também é muito importante, pois eles têm o poder de disseminar diferentes conteúdos e promover comportamentos desejados.

Além disso, ações de endomarketing contribuem para:

 

  1. Criação de embaixadores da marca

Se você gosta do seu smartphone, provavelmente recomenda a marca para seus amigos, não é mesmo? Essa lógica também vale para a empresa em que você trabalha. Profissionais engajados por meio de campanhas de endomarketing atuam como defensores junto ao consumidor final, o que pode impactar diretamente nos resultados dos negócios. Por isso, eles são valiosos para qualquer organização.

 

  1. Redução do turnover

Ações de endomarketing reduzem o índice de rotatividade de colaboradores (turnover). Profissionais que gostam do lugar onde trabalham defendem suas companhias e compartilham suas qualidades além das paredes dos escritórios e fábricas. Por isso, têm papel preponderante na atração e retenção de talentos.

 

  1. Capacitação, motivação e conscientização

Por meio de palestras, workshops e outras ações, o endomarketing promove a adoção de comportamentos benéficos para a companhia e os próprios colaboradores, voltados à segurança, bem-estar e valorização.

 

 

COMUNICAÇÃO INTERNA

O papel da Comunicação Interna é o de transmitir informações da empresa e de suas áreas, de maneira estruturada, por meio de campanhas e com a ajuda de canais como revistas, e-mails, newsletters e redes sociais.

Também promove a integração, além de contribuir para a disseminação dos valores da companhia. Em complemento, valoriza os profissionais, por meio de conteúdo que os coloca na condição de protagonistas das ações.

Além disso, a comunicação interna contribui para:

 

  1. Conhecimento da organização

A comunicação interna é eficiente na disseminação de informações estratégicas ou pela apresentação de iniciativas voltadas a melhorias no ambiente de trabalho e nos processos internos.

 

  1. Eliminação de ruídos

Quando as informações são compartilhadas por meio de veículos de comunicação interna, campanhas e até mesmo com a ajuda das lideranças, os boatos, popularmente conhecidos como “rádio peão”, que são muito prejudiciais para o ambiente organizacional, tendem a desaparecer.

 

  1. Senso de pertencimento

Por meio de uma comunicação que demonstre a importância do papel de cada profissional para a companhia, é possível fortalecer o sentimento de pertencimento. E quem investe em um ambiente com essas características, certamente ganha em motivação.

 

Bônus: histórias que humanizam

Além dos itens anteriores, a comunicação interna torna possível colocar o colaborador como figura central, independentemente de sua área. Com a ajuda do storytelling, é possível compartilhar suas trajetórias dentro e fora de uma organização e, dessa forma, fortalecer o senso de pertencimento.

 

Agora que você sabe qual é a diferença entre a comunicação interna ou endomarketing, descubra como criar indicadores para mensurar a comunicação interna da sua empresa.

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize