Blog

assessoria-imprensa-pos-pandemia
Assessoria de Imprensa 16.11.2020

Pós-pandemia: a Assessoria de Imprensa pode ser crucial para a retomada do seu negócio

O trabalho da assessoria de imprensa se tornou ainda mais importante e necessário durante a crise do novo coronavírus. Mas, como esse trabalho pode ser fundamental para retomar os seus negócios no período pós-pandemia? Separei algumas dicas aqui!

 

Com a pandemia apresentando um cenário “menos instável” e com diversas vacinas sendo testadas com êxito, chegou a hora das empresas pensaram na retomada dos negócios.

As organizações que se comunicam bem e de forma organizada, clara, atingindo, estrategicamente, seus stakeholders por meio de ações de relações públicas e assessoria de imprensa sairão na frente.

Mas, como esse trabalho de comunicação corporativa pode ser importante (e fundamental) para retomar os seus negócios no período pós-pandemia? Separei algumas dicas que quero compartilhar com você:

 

1- Invista no Relacionamento

 

Segundo dados publicados pela consultoria NeilPatel, o setor de mídia faz parte, neste período de pandemia, do grupo que recebeu um crescimento no tráfegocom um aumento de 40%. Esta mudança pode ser percebida nas alterações das grades das emissoras de televisão que substituíram programas de entretenimento por noticiários com a cobertura sobre a Covid-19, visando, principalmente, manter a população informada.

Nesse cenário, a publicidade – que antes era a estrela dos investimentos de marketing das empresas – ficou estagnada ao passo que a imprensa (ou o conteúdo editorial, jornalístico, midiático) aumentou a audiência e ampliou o seu espaço.

Sendo assim, investir no relacionamento com jornalistas e veículos de comunicação se tornou imprescindível. Esse relacionamento precisa ser coordenado, alinhado com os valores da sua companhia, com a persona da sua marca. Seus líderes precisam estar prontos para serem porta-vozes da empresa. É preciso que um time especializado te ajude a enxergar assuntos que podem virar pautas de interesse público. É nessa hora que o papel do assessor de imprensa se torna ainda mais crucial e necessário.

 

2- Tenha uma postura corporativa Clara e Transparente

 

A pandemia deixou os consumidores e o público em geral cada vez mais críticos, impacientes e conectados, sendo que as organizações precisam se preparar para lidar com o crescimento do ativismo digital.

A transparência e a coerência são valores cada vez mais fortes: não basta falar, tem que fazer. As empresas serão cobradas por suas atitudes (ou falta delas) não apenas no que se refere às suas entregas, mas também em como lidam com seus colaboradores, selecionam seus parceiros e escolhem suas matérias primas. E quem melhor para transmitir tudo isso aos stakeholders que uma boa assessoria de imprensa?

 

3- Não tire o olho (e os investimentos) do Digital

 

No pilar tecnológico, estamos assistindo uma hiper aceleração da transformação digital. Tendências de médio prazo, como o home office, viraram realidade do dia para a noite. E vieram para ficar – mesmo que em um modelo híbrido de trabalho presencial e a distância.

Milhares de negócios off-line tiveram que se reinventar no ambiente web e o e-commerce quintuplicou, assim como o uso de ferramentas digitais para encontrar e engajar o consumidor. Atividades antes majoritariamente presenciais, como feiras e eventos, acontecem agora nas telas. O medo de hospitais e clínicas turbina a telemedicina.

Com tudo isso acontecendo on-line, as empresas têm que investir no digital, nas suas redes sociais e e-commerce. A organização, produção e divulgação de conteúdo, de posts, artigos, stories, promoções (e-commerce) etc, podem ser coordenados e organizados pela assessoria de imprensa que também é responsável pelo relacionamento da empresa com influenciadores digitais. É nesse momento que o marketing digital associado com a assessoria de imprensa reforça ainda mais o valor da empresa, seus posicionamentos, as novas diretrizes que as organizações estão tomando pós-pandemia, apoio às causas sociais, suporte aos colaboradores, entre outras.

A crise causada pelo distanciamento social trouxe uma oportunidade única de aprender como construir relações digitais, reforçando os sentimentos de empatia e solidariedade. Esses sentimentos, quando trabalhados de maneira estratégica, aproximam os públicos de interesse, de forma que se sintam acolhidos e à vontade para reagir e engajar com conteúdo que esteja alinhado aos seus hábitos de consumo e expectativas.

 

4- Invista em Ações Sociais

 

O investimento em ações sociais e de filantropia por parte das empresas aumentou exponencialmente durante a pandemia. Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) passou a registrar e monitorar doações de empresas e campanhas para ajudar no combate à doença. No fim de março de 2020, o valor arrecadado foi de R$ 450 milhões. Dois meses depois do primeiro levantamento, as doações batem R$ 5,3 bilhões.

O número é expressivo para o Brasil e, também, tem impacto comparado ao resto do mundo: um levantamento realizado pelo Candid, organização norte-americana que acompanha as doações nesta pandemia, coloca o País em quarto lugar entre os que mais têm contribuído, atrás de EUA, China e Índia.

Essa tendência vai permanecer no mundo pós-pandemia. E quem mais indicado para comunicar essas ações empresariais à mídia e aos influenciadores digitais que a assessoria de imprensa?

 

Ficou surpreso com as ações que uma assessoria de imprensa pode fazer por você e pela sua empresa em um mundo pós-pandemia? Essa comunicação eficaz com a imprensa e, consequentemente com os públicos que a sua empresa quer atingir, só é possível com muita organização, planejamento, estratégia e por meio de várias ações, como as citadas acima.

 

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário