Blog

briefing-comunicacao-interna
Comunicação Interna 02.10.2020

Como fazer um Briefing de Comunicação Interna

Para ajudar as áreas a entenderem projetos e demandas, é preciso ter briefings precisos para que todos sejam bem orientados e possam executar trabalhos alinhados com as expectativas. Nesse texto, vamos aprender sobre briefings de Comunicação Interna.

 

O que é um Briefing?

 

É um conjunto de informações, dados ou instruções concisas e objetivas, passado em uma reunião para o desenvolvimento de uma missão ou tarefa. É muito importante que se passe todas as informações possíveis para que todos tenham material suficiente para alcançarem o objetivo da tarefa.

Para fazer um bom briefing é preciso responder a algumas perguntas:

 

1- Qual projeto ou evento será realizado?

Essa é a primeira pergunta a ser feita. Além disso, é preciso saber o nome do projeto ou evento que irá ser realizado. Quanto mais detalhado, melhor.

 

2- A área responsável pelo projeto também irá aprová-lo?

Está pergunta é muito importante, pois, se ao longo do andamento do projeto mais pessoas e áreas entrarem no circuito de aprovação, poderá mudar o briefing inicial e até alterar a qualidade do trabalho.

 

3- Qual o prazo disponível?

É essencial termos o prazo de entrega de forma clara, a fim de direcionar tempo de forma eficiente. Nesse item, podemos inserir também o tipo de material a ser usado ou mesmo formatos de arquivos, pois cada arte feita demanda um prazo e trabalho diferente.

 

4- Qual o objetivo da Comunicação?

É necessário entender o real motivo, o principal motivador para o desenvolvimento de uma peça ou ação de comunicação. Ele pode ser mercadológico, institucional, promocional, etc. Esse objetivo é o que vai dar guia e sustentação para todas as demais etapas do projeto.

 

 5- Qual a informação principal que não pode faltar nessa comunicação?

Nesta pergunta é a hora de inserir dados específicos sobre aquilo que se quer comunicar. Pode ser uma frase, um slogan, um conceito que foi criado – ou precisa ser – além de números, dados corporativos, enfim, qualquer informação importante que mereça atenção de todos.

 

6- Existe algum material anexo, como fotos e textos?

Há imagens, fotos ou outros materiais que sirvam de referência para execução da tarefa? Se sim, essa é a hora de anexá-las ao briefing para que a criação de layouts e drafs de criação seja feito da maneira mais próxima do que o cliente imagina. Isso irá evitar mal-entendidos e alinhar expectativas, além de evitar retrabalho.

 

Um briefing funciona como um roteiro do trabalho ou um guia. Serve para organizar melhor o pedido e colocar o cliente e a área solicitante como responsáveis pelo material a ser apresentado.

Gostou das dicas? Agora você já pode colocá-las em prática!

 

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário