Blog

Marketing de Busca 18.12.2007

Ibope revela resultados e perspectivas do mercado de marketing

Durante o 2º Marketing Round Up – evento promovido anualmente pela AmCham (Câmara Americana de Comércio), que reúne executivos e publicitários para um debate sobre como acompanhar as tendências de marketing para 2008 e o comportamento do consumidor –, o Ibope Inteligência apresentou uma pesquisa inédita sobre os resultados atingidos pelas empresas em 2007 e as perspectivas para o mercado de marketing em 2008.

A pesquisa detectou que as empresas estão otimistas quanto ao futuro da economia brasileira, com exceção da carga tributária, que apareceu como a grande preocupação entre os executivos (73%) para 2008. Dos entrevistados, 48% disseram estar apreensivos no que diz respeito à desaceleração da economia nacional e 44% apontaram mudanças na legislação/regulamentação como a principal inquietação em relação ao macro-ambiente econômico do País.

Quando perguntados sobre as ferramentas de marketing que mais utilizaram em 2007, os executivos apontam os eventos em 1º lugar (72%), seguidos por meios de comunicação dirigida como e-mail marketing, mala direta etc (68%); e, em terceiro, o serviço de assessoria de imprensa e de relações públicas, com 46%. Comunicação de massa, promoções e merchandising foram as ferramentas menos utilizadas em 2007 com, respectivamente, 40%, 29% e 17%.

“Esse resultado não significa que houve maior investimento, em termos absolutos, em eventos do que em comunicação de massa, pois podem ter sido feitos muitos eventos e apenas uma comunicação de massa com investimento ainda assim muito superior em valores absolutos. No entanto, representa uma forte tendência”, explica a executiva.

Em relação às ferramentas que devem crescer em utilização no decorrer de 2008, destacam-se a comunicação dirigida (62%), os eventos (55%) e assessoria de imprensa e RP (40%).

Na opinião dos entrevistados, o comportamento do consumidor também vem passando por diversas mudanças, sendo que a mais evidente é a busca do cliente por informações sobre produtos e serviços. “Para 75% dos entrevistados, o consumidor dos nossos dias está muito mais pró-ativo e toma a iniciativa de ir atrás de informações sobre determinada marca ou produto. O consumidor não espera mais que a marca vá até ele. Ele mesmo procura saber mais sobre aquilo que deseja consumir e isso é muito positivo. Tanto que as empresas pretendem investir cada vez mais em relacionamento one to one, para atingir de forma efetiva esse consumidor ativo e preocupado com aquilo que consome”, acrescenta Laure.

O levantamento foi realizado entre os dias 24 de outubro e 8 de novembro de 2007 com mais de 140 executivos de empresas associadas à AmCham em todo o Brasil. Dentre os profissionais pesquisados, 45% são diretores e 30% são gerentes, sendo que a maioria deles está relacionada com a área de marketing em suas corporações

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
  1. Avatar
    Levi Kboing

    Ola eu definitivamente adoro este editorial e que tem sido tao fantasticoque vo salva-lo. Uma coisa a dizer, a analise excepcional que deve ter feito eh definitivamente extraordinaria! Quem faz o que a pesquisa adicionais nos dias de hoje?

    Responder
Deixe um Comentário

Font Resize