Voltar para Cases

O Valor da Floresta em Pé

A Comunicação Digital foi usada para sensibilizar engenheiros e toda sociedade de que uma bioeconomia circular pode ser feita de forma responsável e gerar renda e desenvolvimento.

O Instituto de Engenharia é uma sociedade civil sem fins lucrativos com mais de 100 anos de tradição, credibilidade e comprometimento com o desenvolvimento do Brasil. Sua missão é promover a Engenharia em benefício do desenvolvimento e da qualidade de vida da sociedade.

A Amazônia é um dos mais importantes ativos do Brasil. O investimento em bioeconomia proveniente da floresta pode levar o Brasil para uma onda de desenvolvimento econômico. E o IE acredita que a engenharia tem um papel fundamental dentro deste processo.

Era preciso, então, difundir a ideia de que a “floresta em pé” oferece mais desenvolvimento e geração de renda para as populações que dependem economicamente dos recursos naturais da Amazônia do que as práticas de degradação ambiental.

Além disso, foi necessário demonstrar que a Engenharia cria novos usos dos ativos da biodiversidade. Ou seja, a Bioeconomia na Amazônia é 100% engenharia empregando ciência e inovação.

  • Hub de Conexão

    Tornar o Instituto um Hub de Conexão entre os atores de mercado, academia e sociedade.

  • Dar voz aos diferentes atores

    Promover o diálogo e dar voz aos diferentes atores (profissionais, pesquisadores, acadêmicos, empreendedores e empresas) que já pesquisam e trabalham com o tema.

  • Discussão Nacional sobre o tema

    Promover uma discussão nacional sobre o tema e apresentar, em parceria com os diferentes atores envolvidos, caminhos e condições para que o país alcance o protagonismo nesta nova bioeconomia circular.

Desenvolvemos uma campanha de comunicação integrada e multipúblicos, com o objetivo de servir como um grande hub de ideias, insights e inovação para o tema.

O trabalho de Relações Públicas foi fundamental para disseminar o projeto. As divulgações em imprensa, redes sociais e canais próprios do IE foram divididas por etapas, alinhadas às ações que foram realizadas durante o projeto:

digital-case-IE-amazonia

Em quem nos inspiramos

A escolha do engenheiro e cientista Carlos Afonso Nobre para ser agraciado com o Prêmio Eminente Engenheiro do Ano em 2020 marcou o lançamento do projeto.

Nobre é destaque internacional nos estudos sobre a Amazônia e mudanças climáticas. O prêmio é concedido anualmente desde 1963 pelo Instituto de Engenharia com o intuito de homenagear um profissional de engenharia que tenha desempenhado, de forma singular e marcante, um papel na transformação da área.

digital-case-IE-amazonia-em-pe

Da esquerda para a direita, frames e convite do evento.

case-comunicacao-digital-ie-amazonia

Quem envolvemos na causa

Com o objetivo de tornar o Instituto de Engenharia um hub e proporcionar conexões entre atores que estudam e trabalham com o tema, o projeto teve início com um mapeamento de formadores de opinião, acadêmicos, cientistas, pesquisadores, empreendedores, agentes do governo e profissionais de engenharia do século 21, além instituições públicas e privadas.

  • Formadores de opinião e influenciadores;
  • Universitários e professores;
  • Engenheiros e profissionais que atuam com engenharia;
  • Pesquisadores;
  • Empreendedores;
  • Instituições públicas e privadas;
  • Governo;
  • Imprensa.

Dar voz aos atores

Para dar voz aos diferentes atores, o Instituto ouviu cada um deles e reuniu suas ideias no estudo “Amazônia e Bioeconomia – Sustentada em ciência, tecnologia e inovação”, coordenado pelo cientista e engenheiro Carlos Nobre e pelo conselheiro do IE, George Paulus.

O documento contou com a contribuição de um grupo de profissionais com experiências complementares e de agentes da área de pesquisa e do governo da região amazônica. O resultado consolidou múltiplas perspectivas e indicou caminhos para o estabelecimento de uma bioeconomia para o século 21.

O material foi disponibilizado gratuitamente para download, com ampla divulgação em todos os canais digitais do IE, Revista da Engenharia e veículos de imprensa, além de uma versão impressa para empresas, governos, academia e pesquisadores.

caderno-bioeconomia-case-digital

Imagens do Estudo “Amazônia e Bioeconomia – Sustentada em ciência, tecnologia
e inovação”.

Diálogo entre os atores

Para lançar o estudo “Amazônia e Bioeconomia – Sustentada em ciência, tecnologia e inovação”, foi realizado um Webinar com especialistas da área, alinhados com o mapeamento de públicos realizado anteriormente.

O evento online contou com a presença de engenheiros, pesquisadores, cientistas, estudantes e profissionais de instituições públicas e privadas.

webinar-bioeconomia-case-digital

Da esquerda para a direita, convite e frames do webinar.

Engajamento da Mídia

O mailing de imprensa selecionado incluiu veículos de negócios e segmentados, com foco em meio ambiente e inovação. O trabalhou resultou em mais de 112 matérias publicadas em veículos do Tier 1 (grande imprensa e segmentadas).

imprensa1-bioeconomia-case-digital

Reportagens veiculadas nas revistas Veja e IstoÉ Dinheiro.

imprensa2-bioeconomia-case-digital

Reportagens veiculadas na revista Forbes, programas de TV e blogs.

Engajamento das Redes Sociais

Foram realizadas, também, divulgações nos canais próprios e redes sociais do Instituto de Engenharia, espaços de comunicação com grande aderência principalmente dos associados e engenheiros:

  • posts de redes sociais;
  • newsletters;
  • Revista da Engenharia.

Além de conteúdos específicos do estudo, aproveitamos, também, datas Comemorativas relacionadas ao tema, como o Dia da Terra e a Semana do Meio Ambiente, foram usadas para explorar a temática do projeto e dar mais visibilidade à causa.

redes1-bioeconomia-case-digital redes2-bioeconomia-case-digital

Outros projetos virão

“Amazônia e bioeconomia sustentada em ciência, tecnologia e inovação: o valor da floresta em pé” foi o ponto de partida de um conjunto de ações. O IE tem hoje, em curso, um grupo de trabalho que trata das questões que relacionam a engenharia à Amazônia e bioeconomia nacional, com destaque para debates sobre a estratégia nacional para bioeconomia, a revisão da formação em engenharia para sustentabilidade e a criação de oportunidades para que jovens engenheiros de todo brasil possam atuar no desenvolvimento da Amazônia.

 

resultados

  • 2 .4 M audiência gerada

    a partir das matérias publicadas

  • 112 matérias publicadas

    em veículos do Tier 1

  • 14 entrevistas

    em veículos de imprensa do Tier 1

  • 8 M valor em reais equivalente

    caso o IE investisse em publicidade

  • 6 .300 pessoas impactadas

    pela divulgação via redes sociais

  • 300 stakeholders presentes

    no Prêmio e Webinar, (alinhados com os multipúblicos mapeados)

  • 31 .735 visitas ao site do IE

    em páginas sobre meio ambiente, desenvolvimento sustentável e Amazônia.

Fale com a gente

Nossos projetos inspiram pessoas e negócios a se moverem rumo ao futuro. Quer ser um cliente do Grupo Trama Reputale? Entre em contato com a gente!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Somos uma equipe de especialistas em construir engajamento e confiança, e estamos sempre procurando novas habilidades, desafios e oportunidades.

Cultura e Carreira

Deseja trabalhar conosco? Envie seu currículo!

  • Solte arquivos aqui ou
    Tipos de arquivo aceitos: pdf, Máx. tamanho do arquivo: 10 MB.
    • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

    Se você é jornalista ou influenciador digital e precisa conversar com algum dos nossos clientes, temos o canal para isso.

    Conheça nossa sala de imprensa

    Ou então selecione diretamente a empresa desejada: