Blog

Bastidores da Trama 29.03.2017

A estratégia do Oceano Azul na Comunicação

A necessidade de inovação no mundo contemporâneo é um consenso. Não apenas do ponto de vista tecnológico, mas também de produtos, processos e modelos de gestão.

Por meio da inovação, as organizações obtêm ganhos de competitividade, impactos no seu patamar de desenvolvimento e maior dinamismo.

Muito provavelmente, você já deve ter ouvido falar sobre a Estratégia do Oceano Azul. Trata-se de uma metodologia desenvolvida por W. Chan Kim e Renée Mauborgne para apoiar o planejamento estratégico das empresas em diferentes circunstâncias, quando há necessidade de inovação, na presença de competição acirrada ou para a identificação de alternativas de mercados, produtos e serviços.

Gigantes como Uber, Apple, Cirque de Soleil, YouTube e outras empresas, todas elas líderes de mercado, lançaram mão da metodologia para crescerem exponencialmente.

É um conceito que afirma que a melhor forma de superar a concorrência é parar de tentar superá-la. Ou seja, buscar mercados ainda não explorados, chamados pelos autores do conceito de “oceano azul”. Na metáfora, o oceano azul é um local em que se pode nadar livremente enquanto os mercados já saturados são o “oceano vermelho”.

O que talvez você ainda não tenha pensado é como tal estratégia possa ser aplicada à comunicação corporativa para que ocorram consideráveis ganhos de imagem e reputação. Tudo, é claro, baseado em métodos colaborativos de construção de novas narrativas e posicionamentos de mercado. Métodos esses altamente engajadores quando pensamos nos públicos internos das organizações, da alta liderança, passando pela média gerência até a base.

COMO FAZEMOS?

Na Trama, o Blue Ocean é uma das metodologias sobre as quais nos apoiamos, sobretudo na fase de planejamento para os nossos clientes. Seja quando estes nos apresentam um desafio mercadológico com vistas à aquisição de novos nichos de consumidores para suas marcas, seja quando estes precisam desenvolver uma comunicação interna que transforme atitudes e gere sinergia, seja quando eles almejam se relacionar com formadores de opinião e digital influencers de modo a garantir maior visibilidade para seus produtos e serviços, conquistando esses novos “embaixadores”.

Tudo é pensado e feito por nosso time de consultores com base em etapas, que basicamente podemos agrupar da seguinte forma:

  1. Diagnóstico de situação e indicação de Task Force de projeto
  2. Reunião com participantes do Task Force para contextualização
  3. Workshop para definição e análise dos atributos e curvas de valores da própria empresa, dos seus concorrentes e qual é o estado desejado
  4. Visita ao campo (imersão) com o objetivo de reunir dados e testar com os stakeholders a viabilidade prática daquilo que foi proposto como estado desejado
  5. Validação ou correção da nova curva de valores, definição das ações estratégicas e de quem serão os donos de cada projeto
  6. Revisão do ‘Management Agenda’ (programas e projetos-chave)
  7. Validação com a diretoria do ‘Management Agenda’
  8. Apoio à execução dos projetos com ações de treinamento e comunicação (interna e externa) ao longo do período
  9. Acompanhamento dos projetos via indicadores e metas pré-acordadas

Sem dúvida, são etapas essencial, que fazem parte do Blue Ocean Strategy e que têm feito a diferença para nossos clientes, auxiliando-os na construção de uma comunicação eficaz e assertiva.

Quer saber mais sobre nossa metodologia e cases?

Agende um bate-papo com a gente! Venha conhecer nosso time de consultores e a forma como pensamos o planejamento de comunicação para nossos parceiros.

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize