Blog

Bastidores da Trama 04.11.2014

Há limites pra tudo. Ou quase!

[photopress:download.png,full,alignleft]Até onde vão os limites do storytelling?

Aliás, storytelling não é apenas contar boas histórias, mas sim engajar os consumidores e outros públicos de interesse em narrativas, seja qual for o ponto de contato deles com uma determinada marca. A narrativa deve ser transversal, permear tudo: discurso, ações etc.

No caso da Diletto, e outras marcas, deixo aqui minha indagação sobre o tal storytelling. Creio tratar-se mais de uma narrativa publicitária.

E vocês, o que pensam? Leiam a reportagem: http://exame.abril.com.br/revista-exame/noticias/marketing-ou-mentira/

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize