Blog

rede-multiplicadores-o-que-e-importancia
Comunicação Interna 26.02.2020

Rede de Multiplicadores: ela é [muito] importante na sua Comunicação Interna

Você tem uma Comunicação Interna super enxuta, mas precisa alcançar os colaboradores lá nas pontas e, ao mesmo tempo, só com os recursos que dispõe, garantir um fluxo adequado das informações? Uma Rede de Multiplicadores pode ser a solução dos seus problemas!

 

Um dos desafios mais atuais na Comunicação Interna das empresas, de qualquer porte ou setor, é como garantir que o conhecimento produzido por todos seja disseminado na organização como um todo. Algumas destas empresas já descobriram uma forma desse desafio ficar mais fácil [e estratégico]: estão construindo redes de multiplicadores internos.

Se essa é a primeira vez que você está ouvindo esse termo, não se preocupe. Continue a leitura que vamos te explicar.

 

O que é uma Rede de Multiplicadores na Comunicação Interna?

 

Uma Rede de Multiplicadores Internos é composta por funcionários de uma empresa que, além do seu trabalho habitual, para o qual foram contratados, também possuem a tarefa de ensinar seus colegas determinadas práticas.

Geralmente eles são responsáveis por fazer com que a comunicação chegue até as pontas, seja garantindo que materiais físicos estejam posicionados nos locais corretos, seja atuando ativamente para disseminar conteúdo estratégico, garantindo que as mensagens-chave interna cheguem a todos os públicos.

Essas pessoas também contribuem na medida que trazem insights das pontas para a área corporativa, ou mesmo, para a própria Comunicação Interna que, no dia a dia, fica longe da operação, aumentando a troca de experiências.

 

Redução de Custos

Trabalhar com uma rede de multiplicadores internos é uma forma de reduzir custos com treinamentos, melhorar a gestão do conhecimento e até otimizar as relações entre funcionário.

Os critérios de escolha desses multiplicadores podem variar de acordo com a necessidade da sua empresa. Exemplo: você pode capacitar primeiramente os líderes e, depois, esses capacitam os seus liderados. Ou, ainda, você pode escolher um representante de cada setor da empresa, um representante por unidade fabril, planta ou escritório etc.

O importante é que essa rede de multiplicadores funcione para melhorar a imagem, a comunicação interna da empresa e o clima organizacional. Eles precisam acreditar, serem capacitados o tempo todo. Quando os multiplicadores acreditam, o planejamento de comunicação interna só pode dar certo!

 

A Comunicação Interna ganhando escala

 

Nos negócios, tudo gira em torno de escalabilidade – quanto um produto é escalável para se tornar economicamente viável. Por que não levar um pouco desses conceitos para a área de comunicação interna?

Se por um lado a área de comunicação interna pode não ter capacidade para aumentar o seu quadro, ela já dispõe de recursos dentro da própria organização que podem ser usados a seu favor, sem custo adicional ou, ainda, para reduzir custos. Esses recursos são justamente todas as outras áreas e suas equipes.

E… como não basta simplesmente escolher as pessoas e começar a demandar, separei aqui quatro dicas para você implantar uma Rede de Multiplicadores na sua Comunicação Interna com segurança, agilidade e eficiência. Vamos juntos?

 

1 – Planejamento

 

Use um tempo para definir o que você busca nesses multiplicadores. Quais seus objetivos e qual o retorno que você espera. Somente com base nisso você poderá selecionar adequadamente a quem convidar para fazer parte da sua rede.

Chamo a atenção para o verbo “convidar”, sim, imposições e comandos top-down raramente contribuem para o engajamento. E uma rede de multiplicadores em comunicação interna deve ser, acima de tudo, engajada.

 

2 – Aprovação com Gestores

 

Não adianta convidar alguém engajado se essa pessoa não vai conseguir conciliar as suas demandas do dia a dia com as demandas de comunicação interna.

Conseguir aprovações dos gestores e explicar a importância desse papel na organização é essencial para que o seu novo agente possa dar o seu melhor.

Idealmente, essa nova atribuição deve integrar o job description do colaborador e estar presente em seu quadro de metas.

Pense nisso junto ao RH, afinal, quem não precisa se comunicar melhor? Essa, aliás, é uma das competências mais buscadas em profissionais de diversas áreas de atuação, seja no nível mais operacional seja, no nível de liderança.

 

3 – Treinamento para a Rede de Multiplicadores

 

Pronto, você já tem seus novos agentes de comunicação, uma rede de multiplicadores espalhada pela organização com potencial imenso, porém sem nenhum conhecimento técnico de comunicação.

Pegue um tempo para treiná-los em comunicação básica e explicar exatamente o que é esperado deles.

 

4 – A Rede de Multiplicadores precisa de manutenção!

 

A sua rede é, acima de tudo, um grande relacionamento complexo que precisa de atenção constante. Não basta falar, é necessário ouvir o que eles têm a dizer e dar espaço para que possam brilhar.

Pense em formas de manter um diálogo constante e de reconhecer os agentes mais participativos. Lembre-se: escuta ativa é essencial para fidelizar esses colaboradores ao projeto. Assim como criar espaços de fala para eles.

 

Como você viu, apensar de muito útil, ter uma rede de multiplicadores em comunicação interna não é nada simples, mas também não é um bicho de sete cabeças 😉

Aqui na Trama temos vários casos de implantação de “multiplicadores de comunicação”, “comitês de comunicação interna”, “agentes de comunicação”, ou como você quiser chamar.

Vamos bater um papo a respeito?

 

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize