Blog

Marketing 09.12.2019

Personalização é a palavra do ano na opinião dos profissionais de publicidade e marketing

Todos os anos, a Associação Nacional dos Anunciantes dos EUA realiza uma pesquisa para eleger a “palavra do ano”. Saiba como esse termo impacta diretamente nos negócios da sua empresa para 2020.

 

Personalização é a palavra do ano de 2019, de acordo com uma pesquisa anual realizada pela Associação Nacional dos Anunciantes dos EUA, a ANA.

O termo sinaliza – e reforça – uma das maiores mudanças de paradigma que as áreas de publicidade e marketing enfrentam após a revolução digital: deixar de se orientar exclusivamente pela força/propósito da marca e, apoiados nisso, gerar ações de comunicação de massa, para entregar, de fato, uma relação centrada no consumidor. É a era do customer experiente total!

“Eu” – é como as pessoas querem consumir informação

No mundo atual de “eu”, a personalização é como as pessoas querem consumir informações. Mais da metade dos consumidores espera que as empresas conheçam seus hábitos de compra e antecipem suas necessidades. Você sabia?

E olha outro dado interessante: metade dos profissionais de marketing já planeja aumentar os seus investimentos em tecnologia de personalização. Alguns especialistas sugerem, até, que essa tendência de marketing será a mais importante deste século.

Mais dados resultantes do estudo:

  • Personalização é o que os clientes esperam. Todo cliente atual e em potencial espera que sua marca os conheça e possa entregar o que deseja;
  • Os consumidores estão ocupados para investir tempo em algo que não seja relevante para eles pessoalmente. É uma questão de relevância mesmo;

E por falar em relevância: o consumidor espera isso em todas as interações que ele faz com a marca. Ele quer a mensagem certa, no momento certo, no meio certo.

Então, não é só a comunicação que precisa ser personalizada, mas todo o complexo do 4Ps.

A tecnologia como aliada (mas cuidado…)

A tecnologia pode – e deve – ser utilizada pelos profissionais de marketing, pois permite a personalização das experiências e a comunicação do consumidor.

Não dá mais para pensarmos os clientes como “um único grupo grande”. Se assumirmos que todos os clientes são iguais, não atenderemos às necessidades deles. A era do público-alvo acabou!

Entretanto, é preciso ter bastante cuidado com as estratégias digitais, pois o consumidor está de olho no uso dos seus dados para fins promocionais.

Segundo a pesquisa, alguns consumidores podem ficar desapontados com os esforços de marketing para personalizar interações e há uma perspectiva de que mais personalização não necessariamente proporciona uma experiência melhor.

Existe algum ceticismo do consumidor, falta de entendimento e até desconfiança no uso de dados para fins de marketing.

 

 

Aumento nas Vendas

Quando bem feita, a personalização rende frutos. 

Ainda segundo a pesquisa da ANA:

  • há maneiras comprovadas de aumentar de 5 a 15% na receita e
  • de 10 a 30% na eficiência de gastos com marketing, basicamente implementando recomendações de produtos e acionando comunicações em canais singulares.

Temos que olhar os meios de comunicação, os produtos, os PDVs, o processo fabril, tudo, de maneira diferente. Com os olhos do consumidor. Aí sim teremos uma personalização, de fato, exclusiva e amada pelo seu cliente.

E, claro, um ano de 2020 cheio de vendas 🙂

 

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize