Blog

marcas-mais-valiosas-blog
Comunicação Corporativa 26.01.2021

Quanto mais solidárias, mais valiosas

O impacto da pandemia afetou em cheio pelo menos metade das marcas globais mais valiosas que experimentaram nesse período um declínio no seu valor de mercado. Mas, enquanto uns perdem, outros se destacaram como nunca antes porque demonstraram estar ao lado da sociedade. Quer entender melhor todo esse movimento? Então esse artigo é pra você!

 

Estudo da Interbrand mostra as 50 marcas globais mais valiosas ao calcular o valor da marca em centenas de empresas. O estudo mostra que os consumidores valorizaram as marcas que demonstraram estar ao lado da sociedade.

 

Apple

 

Com um valor de marca impressionante de US $ 323 bilhões , a Apple é a marca global mais valiosa do mundo, seguida de perto pela Amazon em segundo lugar, e pela Microsoft em terceiro. O crescimento médio no valor da marca em todas essas três marcas de tecnologia em 2020 foi de cerca de 50%.

No entanto, outras marcas que estão no topo da lista de marcas globais não tiveram o mesmo sucesso recente. A Coca-Cola, por exemplo, está em sexto lugar, mas viu um declínio no valor da marca de mais de US $ 13 bilhões desde 2010.

 

10-marcas-mais-valiosas-mundo
Ranking das 10 marcas mais valiosas

 

Marcas que se mostram solidárias durante a pandemia ganharam a confiança da opinião pública, nutrindo laços emocionais com seus clientes, parceiros, fornecedores e comunidades. Com essas atitudes elas superaram as principais empresas listadas no S&P 500 e no Fortune 500 em receita e lucro. Ao construir níveis mais altos de confiança, geraram uma base de consumidores mais fiel ao longo do tempo.

A Apple, por exemplo, que ocupa o 1º lugar, fez um programa de doação que arrecadou US$ 600 milhões, envolvendo seus funcionários em 1,6 milhão de horas de voluntariado, além de inúmeras ações sociais e de apoio a comunidades onde a empresa está inserida.

 

tendencia-comunicacao-2021-apple

 

A “Grande Mudança” de Marca

 

Segundo o estudo da Interbrand, com quase 60 marcas extremamente influentes caindo em desuso nas últimas duas décadas, há várias maneiras pelas quais as marcas de hoje podem construir resiliência econômica e prosperar em um mundo ansioso:

 

  1. Liderança: o grau em que uma marca tem um propósito claro que é executado de forma integrada em toda a organização.
  2. Engajamento: criar relacionamentos significativos e colaborativos com os consumidores com base na história única da marca e na razão de ser.
  3. Relevância: ser onipresente para os clientes e atender às suas expectativas, indo além da venda de produtos ou serviços. 

 

Embora os impactos de 2020 sejam sentidos nos próximos anos, as marcas que ficarem à frente das expectativas de mudança dos consumidores estarão em melhor posição para enfrentar a tempestade.

 

 

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário