Blog

Marketing de Busca 09.04.2012

Comunicação Interna ajuda a reter talentos

O mercado de trabalho aquecido faz a guerra de talentos ficar cada vez mais acirrada. Em 2012, ao menos, 31% dos executivos das áreas comercial e de marketing das empresas dizem que a retenção de talentos é sua maior prioridade no que toca a recursos humanos, enquanto 21% querem dar foco aos treinamentos ao negócio visando a capacitar seus times de colaboradores.

Os dados são de pesquisa da Amcham – Câmara Americana de Comércio, que ouviu mais de 380 profissionais de marketing e vendas durante o seminário Perspectivas Comerciais 2012, em São Paulo.

Apenas para confirma a importância do tema (como atrair e reter talentos na organizações com vistas ao crescimento sustentável), recentemente, o Caderno de Carreiras & Empregos, da Folha de S. Paulo, trouxe uma ampla reportagem sobre casos de sucesso advindos de diversas corporações, com iniciativas profícuas em prol da diminuição do turnover em seus ambientes de trabalho.

A baixa evasão tem sido o foco das áreas de Marketing e de Capital Humano, com ambas trabalhando de forma integrada de modo a sensibilizar a força de trabalho não apenas para as visões, missões e valores apregoados pelas empresas, mas também sobre a importância de contribuir com novas ideias, alinhando políticas de meritocracia/reconhecimento pelos serviços prestados à concessão de benefícios, melhores remuneração e oportunidade de fazerem efetivamente aquilo que mais gostam dentro do ambiente de trabalho. Para tudo isso, entenda-se: endomarketing.

“Primeiramente, é preciso ter claro que o principal cliente de uma organização qualquer, seja esta pública ou privada, é o seu colaborador, ou seja, o seu público interno. Ele deve ser tratado como a primeira mídia da corporação. Portanto, não há como crescer, sem ter um processo comunicacional claro e alinhado à missão, visão e valores da empresa”, avalia Leila Gasparindo, diretora executiva da Trama.

Novas parcerias

Prova de que, cada vez mais, as organizações estão preocupadas com o alinhamento das estratégias de comunicação perante seus mais variados públicos de interesse (stakeholders) está no crescente número de contratos firmados pela Trama desde o início deste ano.

Vários clientes têm solicitado à agência proposta de comunicação integrada, muito focadas em ações de endomarketing e planejamento de comunicação interna. A Produban, empresa da área de hardware do Grupo Santander no Brasil, com sede em diversos países, é um desses exemplos. Desde janeiro, a Trama passou a desenvolver para a organização o clipping analítico com noticias dos setores bancário, financeiro e de TI, além de conteúdo para a intranet, criação de peças de campanhas de endomarketing, entre outras iniciativas.

Outro novo contrato da Trama , nos mesmos moldes, é o do Banco GMAC, instituição financeira ligada à rede de concessionárias Chevrolet em todo Brasil. Conta que também engloba serviços de relacionamento com mídia, gerenciamento de crise, entre outras ações. “As organizações que trabalham com essa vanguarda de posicionamento na comunicação já compreenderam a importância de integrar não apenas as plataformas on e off-line, mas também de pensar como podem e devem construir sua reputação perante os mais variados públicos”, conclui Leila Gasparindo.

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário

Font Resize