Blog

Mídias Sociais 22.03.2012

Brasil é o sétimo maior mercado na internet

E aí, o que sua empresa está fazendo para usufruir desse imenso cenário? Já parou para refletir como a sua marca tem se comunicado com os stakeholders (públicos de interesse) no ambiente digital? Nós, da Trama, temos as estratégias adequadas e o “caminho das pedras” quando o assunto é construção de imagem e reputação na web. Mas, antes de tocar nesse assunto, vamos a alguns dados da pesquisa.

O estudo realizado pela comScore revela ainda que 46,3 milhões de internautas com 15 anos ou mais acessaram a internet de casa ou do trabalho em 2011, um crescimento de 16% em relação a 2010. O Brasil é o sétimo maior mercado mundial na web, de acordo com a pesquisa intitulada Brazil Digital Future in Focus. O País passou a França e está atrás apenas de China, Estados Unidos, Japão, Rússia, Alemanha e Índia. O acesso à rede por tablets e celulares representou 1,5% de todo o tráfego no País no último mês do ano.

O número de horas navegando pela web também aumentou, atingindo uma média de 26,7 horas on-line em dezembro do ano passado, um crescimento de 10% se comparado a 2010, quando o brasileiro destinava duas horas a menos na internet. O impacto desse aumento refletiu também no e-commerce brasileiro que em 2011 apresentou um crescimento de 26%, faturando R$ 18,7 bilhões, segundo dados do e-bit.

No entanto, todos sabemos que “estar por estar” na internet (mais especificamente nas redes sociais), sem qualquer tipo de planejamento e estratégia, sem produção de um conteúdo relevante e que fale diretamente com os mais variados públicos pode representar um “tiro no pé” das organizações, públicas ou privadas. Rapidez, transparência e ética no diálogo que se trava no ambiente online (entre empresas e consumidores/clientes/fornecedores/investidores) são três fatores fundamentais que garantem o sucesso em relação a tudo aquilo que se pratica. É preciso também entender que o universo online é uma extensão do offline e vice-versa. E o público interno da organização, leia-se colaboradores, também deve compreender isso. A mensagem a esse público precisa ser objetiva, clara e uniformizada, de modo que a sensibilização os faça vestir a camisa, dentro e fora da web.

Você já pensou que seus funcionários são seus principais clientes, os primeiros divulgadores de sua marca? Se não, está mais do que na hora de investir no endomarketing. Há estudos recentes que comprovam que um único colaborador é capaz de levar adiante as visões e valores da empresa que trabalha para um grupo de, no mínimo, 15 pessoas, com as quais desenvolve um contato mais próximo. Reflitamos…

Ações apenas isoladas no ambiente digital para construção e gestão de marca e consolidação da imagem de uma organização devem necessariamente ser respaldadas por iniciativas de comunicação interna, muito endomarketing, relacionamento com a imprensa e outros processos. Tudo para que os stakeholders tenham o mesmo “ponto de contato com a empresa”, a mesma percepção a respeito dela, independentemente do canal que estão utilizando. É a chamada Comunicação Integrada ou Comunicação 360 Graus. Venha bater um papo conosco sobre o assunto. Há muita coisa bacana com a qual podemos colaborar para você e sua empresa poderem surfar nessa imensa onda!

Sobre o autor

Comentários:
Fazer um comentário
Deixe um Comentário