Voltar para sala de imprensa

Penalty participa do Mundial de Futsal 2021 como parte das ativações do Max 1000 Ecoknit

São Paulo, setembro de 2021 – A partir deste domingo, dia 12 de setembro, começam os jogos do Mundial de Futsal 2021, realizado neste ano na Lituânia. Essa é a nona edição do campeonato, que foi adiada em 2020, e contará com 24 seleções, incluindo o Brasil. E a Penalty, maior fabricante nacional de material esportivo, também marca presença no torneio. A companhia acaba de realizar a entrega dos pares do Max 1000 Ecoknit, primeiro calçado brasileiro de futsal elaborado com tecido obtido a partir da reciclagem de garrafas PET, para a seleção da Costa Rica 

A ação, que faz parte da série de ativações deste inovador produto, foi registrada em vídeo, que acaba de ser divulgado e pode ser assistido neste link (xxx). Os 13 atletas que compõem a seleção costarriquenha de futsal receberam seus pares de Max 1000 Ecoknit, para disputar o Mundial com esse novo conceito de calçado.  

“A Costa Rica é um dos países em que a Penalty abriu mercado no último ano, nesse período desafiador de pandemia, em que estamos expandindo nossos negócios. É um país de destaque pela nossa relação com o público, pela aceitação dos nossos produtos”, explica Maurício Conrado, Gerente de Comércio Exterior da Penalty.  

“Além disso, a escolha da seleção costarriquenha para fornecer o Max 1000 Ecoknit é uma forma de apoiarmos essa modalidade de esporte no país, considerando que a região não conta com grandes investimentos para incentivar sua prática”, afirma o executivo.  

Os jogadores que integram a seleção da Costa Rica, além de se dedicarem ao esporte, desempenham outra atividade profissional, ou seja, trabalham durante o dia e treinam à noite. Esse contexto mostra que o Max 1000 Ecoknit é ideal para eles, pois é o calçado de quem leva o futsal a sério.  

Promover essa ativação com a seleção costarriquenha durante o Mundial de Futsal 2021 tem grande representatividade para a Penalty. “É muito relevante para nós estarmos presentes em uma das principais competições da modalidade, em que estão os melhores atletas do mundo”, analisa Bernardo Caixeta, Gerente de Marketing e Relações Esportivas da Penalty. 

A companhia também participa do evento com os atletas da seleção brasileira que patrocina. São eles: os goleiros Guitta, Djony e William e o pivô Dieguinho. Max 1000 Ecoknit também irá figurar nos pés desses atletas canarinhos, como também do preparador físico da seleção, Mauro Sadri. 

A inovação do Max 1000 Ecoknit 

Max 1000 Ecoknit é apresentado ao mercado na sequência do lançamento da S11 Ecoknit, a primeira bola de futebol certificada pela FIFA feita com tecido ecológico, e representa a expansão da tecnologia para a categoria de calçados. O modelo recebe o tecido ecológico em todo o corpo do produto, com aplicação desde o cabedal até a botinha Locker. Além de sustentável, a tecnologia Ecoknit aplicada ao calçado garante conforto, respirabilidade e ventilação aos pés. 

A estratégia adotada pela Penalty para o desenvolvimento da nova chuteira foi o método “Go-to-market”, que relaciona o mercado de atuação, os consumidores e os itens comercializados pela empresa, considerando desde a concepção do produto até seu lançamento ao público.  

“Para alcançarmos a inovação do Max 1000 Ecoknit, foram envolvidos vários departamentos da companhia, como de desenvolvimento de produtos, trade marketing e comercial. Podemos dizer que o sucesso do calçado é reflexo de um planejamento muito bem executado”, analisa Paulo Gaspar, Gerente Executivo de Vendas e Trade Marketing da Penalty. Vale destacar que o segmento de calçados apresenta grande importância para a companhia, representando mais de 20% do faturamento das vendas B2B. 

Resultado da excelente aceitação dos atletas, dos amadores aos profissionais, o Max 1000 Ecoknit tem ganhado bastante destaque no mercado, com forte presença nos revendedores da Penalty: o calçado está na vitrine de aproximadamente 50 das maiores lojas de esportes do Brasil.  

Como forma de divulgar a novidade ao mercado, a Penalty realiza uma série de ações para ativar o produto entre os praticantes do futsal, a exemplo da iniciativa com a seleção da Costa Rica. Outros atletas da modalidade também jogam com o calçado, tanto da equipe feminina, a exemplo das esportistas Amandinha, Nega e Diana Santos, como também da masculina, como  Diego Roncaglio e Bruninho Iacovino.  

 


Fale com a gente

Nossos projetos inspiram pessoas e negócios a se moverem rumo ao futuro. Quer ser um cliente do Grupo Trama Reputale? Entre em contato com a gente!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Somos uma equipe de especialistas em construir engajamento e confiança, e estamos sempre procurando novas habilidades, desafios e oportunidades.

Cultura e Carreira

Deseja trabalhar conosco? Envie seu currículo!

  • Solte arquivos aqui ou
    Tipos de arquivo aceitos: pdf, Máx. tamanho do arquivo: 10 MB.
    • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

    Se você é jornalista ou influenciador digital e precisa conversar com algum dos nossos clientes, temos o canal para isso.

    Conheça nossa sala de imprensa

    Ou então selecione diretamente a empresa desejada: