Sala de Imprensa

P3D

Ver perfil

A P3D é uma empresa brasileira que vem inovando o setor de educação no mundo. A empresa desenvolveu um produto inédito: softwares educativos em realidade virtual, cujo principal diferencial é preservar o professor como o ator principal da aula.

Além de tornar a aula mais atraente ao utilizar imagens tridimensionais e realidade virtual, o software otimiza o tempo de aula e aumenta a retenção do aluno. Segundo Mervyn Lowe, presidente da P3D, o fato de que 70% das pessoas são visuais explica os motivos pelos quais o aprendizado é facilitado com o uso deste recurso.

No Brasil, 30 mil alunos de 100 escolas já utilizam o software, como Pueri Domus, Colégio São Luis, Miguel de Cervantes, Adventista e Salesiano. Para os próximos quatro anos, a P3D espera estar presente em mais de mil escolas.

As expectativas são ainda melhores para o mercado externo. Atualmente, países como Inglaterra, Portugal e Espanha importam e utilizam o software P3D em sala de aula. Nos próximos dois anos, a empresa planeja desfrutar de uma posição solidificada no mercado internacional. “Acredito que a aceitação do P3D será maior entre os países estrangeiros que no Brasil, devido principalmente ao avanço tecnológico no qual se encontram”, explica Lowe. Na Inglaterra, 92% das escolas de ensino fundamental e médio possuem lousas digitais - totalizando 200 mil unidades. No México, há 140 mil unidades. No Brasil, são utilizadas apenas 2 mil lousas em escolas no país.

Contatos na Trama Comunicação - (11) 5539.1509
Coordenadora de atendimento: Helen Garcia - (11) 9240.6794 - helen@tramaweb.com.br
Executiva de atendimento: Giovanna Masullo - giovanna@tramaweb.com.br
Assistente de atendimento: Christiane Marques - christiane@tramaweb.com.br

P3D é a vencedora do Worlddidac Award, o mais reconhecido prêmio de educação do mundo

São Paulo, 25 de outubro de 2006 – A P3D, empresa que desenvolve softwares educativos em 3D e realidade virtual, é a vencedora do Worlddidac Award. O prêmio é uma iniciativa da Worlddidac Foundation, instituição suíça criada há 22 anos para incentivar o desenvolvimento de materiais educacionais e ferramentas de treinamento que contribuem para a inovação do ensino e aprendizagem. A cerimônia de premiação acontece na cidade de Basel, na Suíça, nesta quarta-feira (25).

Mervyn Lowe, diretor-presidente da P3D, estará presente na cerimônia para o recebimento do prêmio. “É uma honra ser reconhecido por uma instituição tão importante no setor de educação. Esta é uma oportunidade de mostrar ao Brasil que é possível desenvolvermos aqui produtos inovadores, com investimentos modestos e know-how próprio”, conta.

O prêmio
O Worlddidac Award é hoje o mais reconhecido prêmio internacional no setor de educação. A cada dois anos, são escolhidos os produtos mais inovadores e pedagogicamente valiosos com capacidade de inovar a educação no mundo. Desde 1984, mais de 1.400 produtos foram avaliados, tendo sido escolhidos 396 vencedores.

Um júri internacional de educadores avalia durante uma semana os produtos qualificados. A escolha dos vencedores considera aspectos como segurança, qualidade, valores pedagógicos, facilidade de uso, respeito ao meio-ambiente, estética, nível de realismo em softwares, multifuncionalidade, adaptabilidade, design, pedagogia e tecnologias inovadoras, interatividade, performance e custos. Alguns dos critérios são aplicados seletivamente, conforme as características individuais do produto.

Produto Inovador
Além de tornar a aula mais atraente ao utilizar imagens tridimensionais e realidade virtual, o software P3D otimiza o tempo de aula e aumenta a capacidade do aluno em reter o conhecimento. Segundo Mervyn Lowe, o fato de que 70% das pessoas são visuais explica os motivos pelos quais o aprendizado é facilitado com o uso deste recurso.
O ineditismo e os benefícios do software P3D já renderam à empresa outro prêmio internacional, o Innova, na Feira Expodidactica (2006) realizada na Espanha. No Brasil, os softwares P3D venceram o prêmio Finep de Inovação Tecnológica – região Sudeste – e agora concorrem à versão nacional do prêmio, que acontece em novembro.

Cerca de 30 mil alunos de 100 escolas brasileiras já utilizam o software, como Pueri Domus, Colégio São Luis, Miguel de Cervantes, Adventista e Salesiano. No exterior, já são 150 as instituições que utilizam a tecnologia, em países como Portugal, Espanha e Inglaterra. “Acredito que a aceitação do P3D é maior entre os países estrangeiros que no Brasil, devido principalmente ao avanço tecnológico no qual se encontram”, explica Lowe. “Porém, estamos crescendo a passos rápidos aqui”, enfatiza o executivo.

Sobre a P3D
A P3D é uma empresa brasileira que desenvolve softwares educativos em realidade virtual que aumentam a capacidade de aprendizagem dos alunos. O produto é inédito e seu principal diferencial é preservar o professor como o ator principal da aula. Além de tornar a aula mais atraente, o P3D otimiza o tempo do professor e aumenta a retenção do aluno. Cerca de 30 mil alunos em mais de 100 escolas do Brasil já utilizam o software, que também é exportado para Espanha, Portugal e Inglaterra. Em quatro anos, a empresa espera estar presente em mais de mil escolas.

Os conteúdos disponíveis podem ser utilizados no Ensino Fundamental I e II e no Ensino Médio. O licenciamento do software é realizado por site (endereço) a um custo mensal de R$900,00 (valor atual) e inclui as duas disciplinas (Biologia e Geografia), além das atualizações quadrimestrais realizadas pela empresa e o treinamento de professores. Fundada em 2000, a empresa está sediada no Cietec (Centro Incubador de empresas tecnológicas) da Universidade de São Paulo (USP), na Cidade Universitária.

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.