Sala de Imprensa

Kearney

Esta é a sala de imprensa da Kearney. Aqui você encontra press releases sobre as novidades da marca, além dos principais resultados em veículos de comunicação e canais de influenciadores conquistados pela equipe de assessoria de imprensa da Trama Comunicação.

Ver perfil

A Kearney é uma das maiores consultorias globais de gestão estratégica. Com presença em mais de 40 países, nossas pessoas nos fazem quem somos. Somos indivíduos que se divertem tanto com aqueles com quem trabalhamos quanto com o trabalho que realizamos em si. Sob a proposta de sermos a diferença entre uma grande ideia e faze-la acontecer, nós ajudamos nossos clientes a alcançarem o sucesso.

 A.T. Kearney divulga estudo local sobre Índice de Competitividade Brasileira

Pesquisa realizada em conjunto com a AMCHAM avaliou o Brasil em relação a outros 12 países. Três pilares foram avaliados: base econômica, ambiente institucional e produtividade operacional

 

São Paulo, abril de 2017 – A A.T. Kearney, consultoria de gestão de negócios, com mais de 90 anos de trajetória global e uma das quatro maiores do mundo, acaba de anunciar uma nova pesquisa local – o Índice de Competitividade Brasileira, que discute aspectos relevantes da competitividade e do ambiente de investimentos no Brasil.

Esse estudo, realizado em parceria com a AMCHAM, identificou potenciais gaps do Brasil em relação a outros 12 países no mundo e sugere ações de apoio à promoção e atração de investimentos diretos. O Brasil ficou em 12º lugar no ranking, onde os cinco primeiros colocados foram Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, China e Itália. E atrás de economias como México, Colômbia, Grécia e África do Sul.

O estudo é dividido em três grandes pilares indicadores de competitividade:

  • Base econômica – avalia o mercado relevante e crescente, custo de capital, fluxos de investimentos constantes, participação das exportações globais, exportações e importações e resultado da balança comercial.
  • Ambiente Institucional – avalia menor burocracia, eficiência dos gastos públicos, baixo custo fiscal, nível de transparência, ambiente regulatório e respeito aos contratos.
  • Produtividade Operacional – avalia a produtividade da mão de obra, infraestrutura, capacidade de inovação e empreendedorismo.

 

Nos pilares avaliados, a colocação do Brasil não foi satisfatória. O País ficou em 9º lugar em Base Econômica, 12º em relação ao Ambiente Institucional e em 12º lugar em Produtividade Operacional.

“Apesar de se destacar em alguns fatores críticos individualmente, o Brasil apresenta deficiências em diversas dimensões. Encontramos nove grandes deficiências que foram realçadas na análise de competitividade” afirma Mark Essle, Sócio da A.T. Kearney no Brasil e responsável pelo Estudo. São elas:

 

Base Econômica:

1        – Crescimento negativo do PIB e baixo PIB per capita;

2        – Juros altos, que restringem a capacidade de crédito e formação bruta de capital fixo;

3        – Baixo valor agregado nas exportações e barreiras comerciais de todo o tipo.

 

Ambiente institucional:

1 – Burocracia, entraves ambientais e leis complexas ou ambíguas afastam os investimentos;

2 – Sistema fiscal com grande complexidade e alta carga de impostos;

3 – Ambiente instável em relação à execução de leis e contatos; baixo grau de proteção aos investidores em caso de falências.

 

Produtividade operacional:

1 – Produtividade baixa e sem evolução, devido à cultura de direito adquirido, às lacunas de educação e tributação do investimento;

2 – Baixa qualidade da infraestrutura viária, aérea e marítima, instabilidade de preços e fornecimento de energia e grandes perdas em sua transmissão e distribuição;

3 – Baixo estímulo à pesquisa, inovação e ao empreendedorismo, mediocridade nos startups e pouca reinvenção dos negócios.

 

“Acreditamos que a retomada deve se basear em dois grandes focos: reinserção do Brasil na economia global e aumento da produtividade. E, para isso, os acordos comerciais e a simplificação tributária alavancariam papel do Brasil na economia global, enquanto que o aumento da produtividade pode ser obtido a partir da simplificação de leis trabalhistas e mais investimentos em infraestrutura”, conclui Essle.

 

Sobre a A.T. Kearney

A.T. Kearney é uma consultoria global líder em gestão de negócios, com 91 anos de operação e atuação em mais de 40 países. É uma empresa dirigida por seus sócios, comprometidos em ajudar os clientes e gerar impactos imediatos, aumentando as vantagens competitivas em seus desafios mais críticos.

O foco da consultoria é atuar como parceira estratégica dos clientes na obtenção de benefícios reais em projetos de curto e longo prazos. Os diferenciais da A.T. Kearney são ampla escala global, diversidade de recursos e excelência em todos os processos.

A A.T. Kearney possui uma cultura distinta que transcende as fronteiras organizacionais e geográficas. Não importa qual a localização ou posição, todos os consultores da A.T. Kearney são visionários, acessíveis e apaixonados por projetos inovadores.

A Kearney é uma consultoria global líder em gestão de negócios, com 91 anos de operação e atuação em mais de 40 países. É uma empresa dirigida por seus sócios, comprometidos em ajudar os clientes e gerar impactos imediatos, aumentando as vantagens competitivas em seus desafios mais críticos. O foco da consultoria é atuar como parceira estratégica dos clientes na obtenção de benefícios reais em projetos de curto e longo prazos. Os diferenciais da Kearney são ampla escala global, diversidade de recursos e excelência em todos os processos. A Kearney possui uma cultura distinta que transcende as fronteiras organizacionais e geográficas. Não importa qual a localização ou posição, todos os consultores da Kearney são visionários, acessíveis e apaixonados por projetos inovadores.

Sobre a empresa

Empresa: Kearney

Site: https://www.kearney.com

Atendimento à imprensa

Atendimento: Fernanda Angelo
E-mail: fernanda@tramaweb.com.br
Telefone: (11) 3388-3040

 

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Font Resize