Sala de Imprensa

Porto Digital

Porto Digital

Esta é a sala de imprensa do Porto Digital. Aqui você encontra press releases sobre as novidades da marca, além dos principais resultados em veículos de comunicação e canais de influenciadores conquistados pela equipe de assessoria de imprensa da Trama Comunicação.

Ver perfil

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil. Localizado no Recife, é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Fruto e referência nacional de uma ação coordenada entre governo, academia e empresas, conhecido como modelo Triple Helix, abriga mais de 300 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo e instituições dos setores de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Economia Criativa (EC) e Tecnologias Para Cidades. O conjunto das empresas que fazem parte do Porto Digital faturou mais de R$ 1,7 bilhão, em 2018.

Considerado pela Associação Nacional de Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) o melhor parque tecnológico do Brasil por três vezes, o Porto Digital se tornou a primeira instituição do mundo na área de serviços a receber um selo de indicação de procedência, reconhecimento internacional que garante a qualidade dos produtos gerados pelas empresas certificadas.

O parque conta com três incubadoras de empresas, três aceleradoras de negócios, seis institutos de pesquisa de desenvolvimento e organizações de serviços associados, além de reunir mais de 9 mil profissionais altamente qualificados, sendo 800 deles empreendedores. Já atraiu para Recife muitas empresas, multinacionais e centros de tecnologia de outras regiões do Brasil. Com a ampliação territorial para o bairro de Santo Amaro, Santo Antônio e São José, e interior do Estado, a expectativa é que até 2025 em torno de 20 mil pessoas trabalhem em empresas embarcadas no parque tecnológico.

Porto Digital apresenta Plano de Formação

Pierre Lucena apresenta plano de formação do Porto Digital para empresários e parceiros estratégicos do parque e instituições. Crédito: Divulgação

São Paulo, junho de 2019 – O Porto Digital, um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil, lança, em parceria com instituições de referência no ensino superior, cursos de formação e capacitação na área de desenvolvimento de software e negócios. As matrizes curriculares foram construídas com a participação do conjunto de empresários (as) do parque para atender à demanda atual por profissionais e garantir o crescimento sustentável do polo tecnológico. Os cursos serão ofertados pelo Centro Universitário Tiradentes, Fundação Dom Cabral e Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

Com início das atividades já no segundo semestre de 2019, as aulas terão foco em desenvolver competências e habilidades requisitadas pelo mercado e garantir o nível de empregabilidade com constante contato entre os estudantes e as empresas do Porto Digital. “Entre os diferenciais desses cursos co-branding é a Residência. A ideia, emprestada dos cursos de medicina, é que esses profissionais em formação já se integrem às empresas do parque por meio de imersão. Com isso, as próprias companhias ajudam a moldar o currículo não só acadêmico, mas de experiência profissional com programação desde o início”, comenta o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena.

A criação dos cursos co-branding surgiu de uma necessidade do parque: atualmente, as empresas embarcadas no Porto Digital contam com cerca de 900 vagas em aberto. Além dessa capacidade ociosa, o parque tecnológico tem previsão de dobrar de tamanho em número de profissionais e de empresas nos próximos cinco anos – ou seja, sair dos 9 mil colaboradores para cerca de 20 mil e de 328 empresas para 600 até 2024. “Por conta dessa previsão de crescimento, precisamos acelerar a formação de capital humano. Então sentamos com empresas do parque para montar o conteúdo desses cursos para que atendam às necessidades do mercado. A ideia é promover cursos que tenham como centralidade o desenvolvimento das competências técnicas aplicadas a problemas reais, bem como competências socioemocionais que facilitam o trânsito e permanência dos (as) formandos (as) no ecossistema”, comenta a gerente de Pessoas do Porto Digital, Marcela Valença.

Mais detalhes sobre os cursos:

  • Centro Universitário Tiradentes

Curso Superior Tecnólogo em Desenvolvimento de Softwares

Com aulas realizadas também no Porto Digital e residência (programa imersivo e intensivo de treinamento direto nas empresas), o curso tem duração de dois anos e aborda conhecimentos que passam da introdução à programação a front-end, data science e inteligência artificial.

Especialização em Desenvolvimento de Software

Voltada para profissionais da área de Exatas, a especialização tem como foco aproveitar a matriz curricular em comum com a ciência da computação para abrir um novo mercado de trabalho para quem quer escolher uma nova carreira em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Programação, engenharia de software e desenvolvimento ágil estão entre os tópicos trabalhados durante o curso.

  • Fundação Dom Cabral

Especialização em Gestão & Transformação Digital

Em formato in company, a especialização é voltada para empresários do parque tecnológico que tenham interesse em desenvolver habilidades na pós-graduação e extensão profissional. Nos dois anos de duração do curso, os treinandos seguirão trilhas de desenvolvimento em formação gerencial, para pessoas e específica, além de design estratégico para transformação digital e projetos aplicados.

  • Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP)

Graduação em Jogos Digitais

A graduação tem como objetivo formar profissional qualificado e comprometido com as demandas do mercado de jogos, com domínio de conceito, técnica e tecnologia para multiplataformas e que seja capaz de atuar de forma criativa, crítica, inovadora e ética nas mais diversas áreas. Com duração de dois anos e meio, o curso contará com realização de aulas no parque e imersão de alunos nas empresas já no 1º período.

Curso Superior Tecnólogo em Ciências da Computação

Com duração de dois anos e uso de metodologia ativa problem based learning (PBL) desde o primeiro período, o curso tecnológo contará com aulas ministradas também no parque. Além disso, os alunos realizarão residência nas empresas do Porto Digital.

MINAs

Além dos novos cursos co-branding, o Porto Digital também tem estabelecido uma série de ações em educação e equidade de gênero por meio do programa Mulheres em Inovação, Negócios e Artes (MINAs). Divididas nos eixos de Formação, Qualificação e Fomento, as ações da iniciativa se dividem em oficinas, hackathons, curso técnico de programação, curso de atualização profissional e outras atividades voltadas tanto para estudantes do ensino médio quanto para profissionais.

Lançada em 2018, a iniciativa tem como princípios a desmistificação da ideia de que tecnologia não é “lugar de mulher”; além de transformar o ambiente educacional e profissional de tecnologia em uma realidade com maior presença feminina, mais acolhedor às mulheres e com igualdade de oportunidades.

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil. Localizado no Recife, é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Fruto e referência nacional de uma ação coordenada entre governo, academia e empresas, conhecido como modelo Triple Helix, abriga mais de 300 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo e instituições dos setores de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Economia Criativa (EC) e Tecnologias Para Cidades. O conjunto das empresas que fazem parte do Porto Digital faturou mais de R$ 1,7 bilhão, em 2018.

Considerado pela Associação Nacional de Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) o melhor parque tecnológico do Brasil por três vezes, o Porto Digital se tornou a primeira instituição do mundo na área de serviços a receber um selo de indicação de procedência, reconhecimento internacional que garante a qualidade dos produtos gerados pelas empresas certificadas.

O parque conta com três incubadoras de empresas, três aceleradoras de negócios, seis institutos de pesquisa de desenvolvimento e organizações de serviços associados, além de reunir mais de 9 mil profissionais altamente qualificados, sendo 800 deles empreendedores. Já atraiu para Recife muitas empresas, multinacionais e centros de tecnologia de outras regiões do Brasil. Com a ampliação territorial para o bairro de Santo Amaro, Santo Antônio e São José, e interior do Estado, a expectativa é que até 2025 em torno de 20 mil pessoas trabalhem em empresas embarcadas no parque tecnológico.

Atendimento à imprensa

Atendimento: Juliana Tancler

Email: julianat@tramaweb.com.br

Telefone: +55 11 3388-3045

Gerente: Lizandra Cardelino

Email: lizandra@tramaweb.com.br

Telefone: +55 11 3388-3056

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.