Sala de Imprensa

AMIB

Esta é a sala de imprensa da AMIB. Aqui você encontra press releases sobre as novidades da marca, além dos principais resultados em veículos de comunicação e canais de influenciadores conquistados pela equipe de assessoria de imprensa da Trama Comunicação.

Ver perfil

Sediada em São Paulo, Vila Olímpia, a Associação de Medicina Intensiva Brasileira – AMIB – atua na valorização do médico intensivista há praticamente 40 anos e reúne mais de 6 mil associados e 25 associações regionais espalhadas em todo o território nacional. Com a missão de fomentar a pesquisa, formação, titulação e defesa do médico intensivista, integrando e valorizando os demais profissionais da saúde que atuam em terapia intensiva, a AMIB tem se profissionalizado a cada dia que passa com uma equipe dedicada e orientada para resultados.

Doação de Órgãos: Curso capacita profissionais de UTI’s

Iniciativa da Associação de Medicina Intensiva Brasileira, cujo pré-lançamento acontece no Dia Nacional de Doação de Órgãos (27 de setembro), visa preparar melhor as equipes das UTIs para lidar com o tema

São Paulo, setembro de 2019 – Para marcar o Dia Nacional da Doação de Órgãos, celebrado em 27 de setembro, a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), anuncia o pré-lançamento do curso DOTIN (Doação de Órgãos em Terapia Intensiva). A capacitação é voltada para médicos, enfermeiros e profissionais que atuem em terapia intensiva e coordenação de transplantes. O curso abordará todo o processo de doação e transplantes o que inclui a organização do sistema nacional de transplantes, determinação da morte encefálica, avaliação e manutenção do potencial doador, além de comunicação e acolhimento da família do paciente.

 

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), em 2018 o Brasil contava cerca de 32 mil pacientes em lista de espera por doação de rins, fígado, coração, pulmão, pâncreas e córnea. O rim é o órgão mais aguardado, com mais de 21 mil pacientes em lista de espera. Em 2018 o número de transplantes teve um discreto crescimento, de acordo com os dados do Ministério da Saúde. Para que esses números melhorem no próximos anos, é fundamental a participação de todos os profissionais de terapia intensiva.

“A UTI é onde se inicia o processo da doação de órgãos. É ali que, quando constatada a morte encefálica, identifica-se o potencial doador. Por isso, a oferta de capacitação aos profissionais de terapia intensiva é fundamental para a condução adequada do processo de doação, o que inclui o acolhimento às famílias, bem como a manutenção clínica e a avaliação adequada do potencial doador. O transplante de órgãos é uma oportunidade de recomeço para pessoas que precisam de doação”, comenta Dr. Glauco Westphal, presidente do Comitê de Doação de Órgãos para Transplantes da AMIB e coordenador do curso DOTIN.

Na semana destinada a enfatizar a doação de órgãos no Brasil, o Comitê AMIB de Doação de Órgãos para Transplantes realiza o pré-lançamento do curso DOTIN (Doação de Órgãos em Terapia Intensiva) que será disponibilizado a partir do dia 27 de setembro, Dia Nacional da Doação de Órgãos.

Tema é destaque no Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva

Promovido pela AMIB, o XXIV Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva, principal evento do setor realizado no país, acontece esse ano entre os dias 07 e 09 de novembro, em Fortaleza (CE), e conta com uma programação de atividades sobre a questão da doação de órgãos.

Os interessados em atualizar seus conhecimentos nessa área poderão participar do curso “Atualização no Cuidado do Potencial Doador de Órgãos para Transplantes”, que será realizado no pré-Congresso, no dia 06 de novembro. Para participar do curso clique aqui.

Além disso, a AMIB, que é parceira da ABTO no desenvolvimento de iniciativas conjuntas, como as diretrizes de manutenção e de validação sobre o tema, estudos clínicos, capacitações e outras ações voltadas à doação de órgãos, contará durante o Congresso com a participação do coordenador do departamento de Tx da ABTO, Joel de Andrade, que estará na sessão temática “Doação como parte do cuidado ao final da vida”.

Também estará presente a médica canadense, Maureen Meade, que palestrará nas sessões “O potencial doador: como otimizar a identificação e a efetivação do transplante” e “Cuidando do potencial doador e da família”.

“A insegurança das famílias ainda é considerada alta e há muitos casos em que a doação de órgãos não é autorizada. Um dos fatores envolvidos nesse cenário é a falha de comunicação e a pouca clareza nas informações fornecidas pela equipe médica. Em decorrência disso, a AMIB considera importante e procura cumprir seu papel em orientar, treinar e capacitar os profissionais de Terapia Intensiva para atuarem da forma mais eficiente possível junto aos familiares do potencial doador, para que se efetive, de fato, a doação de órgãos”, comenta Dr. Ciro Leite Mendes, presidente da AMIB.

Para saber mais sobre o XXIV Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva e se inscrever clique aqui.

Sediada em São Paulo, Vila Olímpia, a Associação de Medicina Intensiva Brasileira – AMIB – atua na valorização do médico intensivista há praticamente 40 anos e reúne mais de 6 mil associados e 25 associações regionais espalhadas em todo o território nacional. Com a missão de fomentar a pesquisa, formação, titulação e defesa do médico intensivista, integrando e valorizando os demais profissionais da saúde que atuam em terapia intensiva, a AMIB tem se profissionalizado a cada dia que passa com uma equipe dedicada e orientada para resultados.

Atendimento à imprensa

Atendimento: Giovanna Preti

E-mail: giovanna@tramaweb.com.br

Telefone: (11) 3181-6985

 

Gerente: Ana Paula Teixeira

E-mail: ana_paula@tramaweb.com.br

Telefone: (11) 3388-3069

Fale Conosco

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Font Resize