Sala de Imprensa

Sollis

Ver perfil
Promover maneiras de aumentar o acesso à informação sobre medicamentos foi o maior incentivo para a criação da Sollis, empresa desenvolvedora de plataforma de pedidos médicos eletrônicos, ligada ao Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia). Sua missão é promover a inovação na área da saúde, de forma a melhorar a prestação de serviços médicos, integrando processos e garantindo a adesão da população aos serviços de saúde.

A Sollis criou plataforma de pedidos médicos eletrônicos que permite a integração e colaboração de informações de três importantes atores desse segmento: médicos, pacientes e estabelecimentos de saúde, com os portais EUPRESCREVO®, RECEITASEGURA® e PORTALRX®, respectivamente. A tecnologia desenvolvida pela empresa pretende melhorar a relação médico-paciente, além de colaborar para a redução de riscos para a saúde da população, como interações medicamentosas. 

A Plataforma é gratuita para médicos e pacientes. Com a possibilidade de integração com prontuários eletrônicos já existentes no mercado, a empresa tem o objetivo de integrar 100 mil médicos em 3 anos. Do lado das farmácias, a intenção é alcançar a maior parte dos 75 mil estabelecimentos levantados pelo Conselho Regional de Farmácia.

Todos os brasileiros podem fazer o cadastro como paciente e garantir os benefícios da prescrição eletrônica. Basta acessar o www.receitasegura.com.br e se cadastrar, a partir de dados simples como nome, CPF e e-mail.  
 

2,47 brasileiros morrem a cada três minutos em consequência de erros ou eventos adversos

 Com foco na segurança do paciente, plataforma de prescrição eletrônica controla o histórico de receitas médicas e evita interações medicamentosas, minimizando problemas de dosagem e efeitos adversos
 
São Paulo, março de 2017 – Os erros e os eventos adversos dentro de hospitais comprometem milhares de pacientes todos os anos no Brasil e no mundo. Dados nacionais de pesquisa do IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar), divulgada no fim de 2015, apontam que 2,47 brasileiros morrem a cada três minutos, em hospitais públicos ou privados, em consequência de erros ou eventos adversos, como enganos na dosagem ou na aplicação de medicamentos, uso incorreto de equipamentos ou infecções hospitalares.

Um agravante desse cenário é a informação levantada pela KPMG em 2014, mostrando que apenas 37% dos profissionais que trabalham em hospitais no Brasil são graduados. A porcentagem de pós-graduados é ainda menor, com 9,5%. Esse contexto pode ser uma das causas dos problemas de gestão dos estabelecimentos de saúde no país.

Mesmo nos Estados Unidos os números preocupam. Estudo realizado mostra que cada paciente internado está sujeito a um erro de medicação por dia, sendo que são registrados anualmente 400 mil eventos adversos evitáveis relacionados a medicamentos por ano. Esses erros em medicamentos provocam, segundo estimativas, 7 mil mortes anualmente.

Tecnologia inovadora de prescrição

Para promover a segurança do paciente e minimizar eventos adversos, um dos caminhos é usar a tecnologia como aliada. A Sollis, empresa brasileira incubada no Cietec (Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia), incubadora de empresas da USP, desenvolveu de forma pioneira uma plataforma de prescrição eletrônica, que integra médicos, pacientes e redes de farmácia.

A ferramenta é homologada pela AMB por dispensar o uso de papel para prescrição de medicamentos, garantir prescrições 100% legíveis, reduzir o risco de erros manuais e taxas de mortalidade de pacientes, qualificando conciliações medicamentosas nos três níveis da atenção à saúde – Atenção Primária, Média e Alta Complexidade.  

A inovação também é capaz de conectar os prontuários eletrônicos e gerar uma RECEITASEGURA® ao paciente. Desta forma, é possível formar e manter o histórico de prescrição eletrônica de cada paciente, em formato 100% legível, com a possibilidade de assinatura digital. O paciente pode optar por receber um link por SMS para ter acesso à RECEITASEGURA®, assim ele mesmo pode direcionar a receita eletrônica à farmácia de sua preferência e confiança. O resultado é a qualificação do acesso ao tratamento medicamentoso, de forma mais segura e econômica, bem como a efetiva prestação de atenção farmacêutica. 

Carlos Eli Ribeiro, especialista em Gestão de Saúde Pública e CEO da Sollis, explica que a plataforma é fruto de anos de pesquisa para consolidação de um modelo que atenda a regulamentação do setor, os requisitos tecnológicos, a normatizações de processos para permitir as integrações necessárias com prontuários e redes, além da estruturação de bases de dados para apoio à decisão médica. “Sempre com o propósito de garantir a segurança do paciente”, enfatiza.

Saiba mais sobre o Movimento pela Segurança do Paciente.

Internet_2017120144124.jpg (200×200) http://www.sollisinovacao.com.br/
Facebook_2017120144042.jpg (200×200) 
https://www.facebook.com/sollisinovacao
  
https://www.linkedin.com/company/sollis

 

Fale Conosco